Desenvolvimento, Meio Ambiente e Economia Internacional

Paulo R. Lessa Pinto 

Blanca Lila Gamarra Morel

 

No âmbito dos processos de internacionalização e de integração econômica, amplia-se a necessidade de se levar em conta as questões ambientais. Nesse sentido, as instituições reguladoras e promotoras do comércio internacional devem ter um importante papel de responsabilidade social sobre o impacto de suas políticas. Neste contexto, no entorno do GATT e no âmbito dos processos de eliminação/coordenação tarifária, instituições como OMC, NAFTA, EU, AFTA: ASEAN e MERCOSUL devem promover o debate que conduza as regras e princípios básicos para a adoção de políticas ambientais, relacionadas ao comércio internacional. Essas questões são pontos básicos de estudos e projetos de pesquisa pura e aplicada, incluindo análises de legislações e regulamentações comerciais, buscando uma harmonia entre o comércio internacional e uma política ambiental sustentável.

Propõe-se também, o acompanhamento teórico/empírico da evolução desse processo de vital importância para a qualidade de vida, de forma a gerar informações que subsidiem futuras políticas ambientais relacionadas ao comércio internacional.