Avaliação e gestão ambiental adaptativa

Marcelo Vasconcellos 

A gestão ambiental adaptativa está baseada no princípio de que ecossistemas são sistemas abertos e dinâmicos e que, portanto, a capacidade de predizer as respostas destes sistemas à impactos provindos de atividades sócio-econômicas é limitada. Prescreve desta forma a avaliação de riscos ecológicos e sócio-econômicos na análise de decisões e políticas sobre o uso de recursos naturais, e o planejamento de estratégias de gestão que sejam ao mesmo tempo robustas as fontes de incerteza, informativas e adaptativas.

Reconhece como fontes de informação sobre o funcionamento dos sistemas ambientais o conhecimento adquirido deliberadamente com a prática de gestão experimental/adaptativa e o conhecimento ecológico tradicional adquirido ao longo de gerações por comunidades que dependem diretamente do uso de recursos naturais.Incluem-se aqui como áreas de estudo/aplicação:

  1. A avaliação e gestão de recursos naturais renováveis

  2. Planejamento Ambiental

  3. Avaliação de impactos ambientais.